Artigo

Alemanha disponibiliza 120 bolsas de estudo para Angola

205 Visualizações

O governo alemão, através dos serviços de Intercâmbio Académico, Deutscher Akademischer Austauschdienst (DAAD), tem disponíveis 120 bolsas para os cursos de pós-graduação e doutoramento, na Alemanha, destinados aos estudantes angolanos.

Esta informação foi avançada ao Novo Jornal Online por Marco Mahgeis, chefe-adjunto da missão da Embaixada da Alemanha em Angola.

O responsável informou também que “as bolsas não são apenas para os estudantes angolanos, mas também para todos os estudantes de origem africana que se encontrem em Angola”.

“Fazer um curso de pós-graduação na Europa é o sonho de muitos angolanos e africanos, isso está perto, através da DAAD, que anualmente oferece 120 mil bolsas de estudo em todo o mundo, para os cursos de pós-graduação e doutoramento na Alemanha”.

Marco Mahgeis adiantou que um dos principais requisitos para uma candidatura no DAAD é a língua. “Tem necessariamente que falar Inglês, como língua de instrução, e ter noções básicas de Alemão”, disse, acrescentando que as inscrições decorrem de 1 de Abril a 30 de Outubro de cada ano.

De acordo com o chefe adjunto da missão da Embaixada da Alemanha em Angola, as bolsas serão oferecidas por um período de 12 a 36 meses, dependendo da duração do curso.

Os contemplados recebem uma bolsa mensal de 750 euros para cursos de pós-graduação e de 1000 euros para cursos de doutoramento, bem como seguro de saúde, curso preparatório de alemão e ajudas de custo para compra da passagem para a Alemanha.

Os programas estende-se às áreas de medicina, engenharia, música, arte, desporto, matemáticas, ciências naturais, direito, economia, ciências sociais, línguas e estudos culturais, medicina veterinária, agronomia, engenharia florestal e nutrição.

O Deutscher Akademischer Austauschdienst (DAAD) foi fundado em 1925, na Alemanha, e já apoiou mais de 1,9 milhões de estudantes com programas de intercâmbio por todo o mundo, em 250 projectos.

 

Fonte: AngoNotícias

Deixe uma resposta