Artigo

Angola vai receber certificado internacional que confirma Mbanza Congo como património mundial da humanidade

109 Visualizações

A ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, disse que o certificado internacional será entregue “formalmente”, nos próximos dias: “A cerimónia acontecerá na primeira semana do mês de Setembro, na sede da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), em París, França”.

“Estaremos na sede da UNESCO para receber, das mãos da responsável do organismo, Irina Bokova, o certificado que confirma a elevação de Mbanza Congo como património mundial”, explicou.

A Comissão de Património Mundial da UNESCO declarou recentemente, por unanimidade, o centro histórico da cidade de Mbanza Congo, no norte de Angola, como Património Mundial da Humanidade.

A secular cidade angolana de Mbanza Congo, na província do Zaire, foi candidatada pelo Governo angolano a Património Cultural da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), sendo a primeira validada no país por aquela Organização da ONU para a Educação, Ciência e Cultura.

O projecto “Mbanza Congo, cidade a desenterrar para preservar”, que tinha como principal propósito a inscrição desta capital do antigo Reino do Congo, fundado no século XIII, na lista do património da UNESCO, foi oficialmente lançado em 2007.

A candidatura de Angola destacava que o Reino do Congo estava perfeitamente organizado aquando da chegada dos portugueses, no século XV, uma das mais avançadas em África à data.

A área classificada envolve um conjunto cujos limites abrangem uma colina a 570 metros de altitude e que se estende por seis corredores. Inclui ruínas e espaços entretanto alvo de escavações e estudos arqueológicos, que reuniram especialistas nacionais e estrangeiros.

Os trabalhos arqueológicos realizados no local envolveram a medição da fundação de pedras descobertas no local denominado “Tadi dia Bukukua”, supostamente o antigo palácio real.

Fonte: Novo Jornal

Deixe uma resposta