Artigo

Banco Africano de Desenvolvimento propõe 1 milhão contra a malnutrição em Angola

85 Visualizações

Luanda – O Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) quer emprestar um milhão de dólares a Angola para combater a “crise de segurança alimentar” que afecta principalmente crianças nas províncias angolanas de Lunda Norte, Bié, Huíla, Namibe e Cunene.

“Uma seca severa nestas províncias, agravada pela chuva errática e com uma resposta inadequada para responder às mais urgentes necessidades da população, afundou 2,3 milhões numa crise de segurança alimentar, entre as quais estima-se que 491.131 sejam crianças com menos de cinco anos”, lê-se na proposta de empréstimo que vai ser discutida pela administração do banco.

“A condição humanitária nestas províncias propícias a secas deteriorou-se devido ao aumento do preço das matérias-primas, acesso limitado a água potável e acesso a serviços de higiene, principalmente devido à falta de infraestruturas”, acrescenta-se no documento.

“O empréstimo de um milhão de dólares, cerca de 910 mil euros, vai ajudar na situação de emergência nutricional nas cidades de Cuito e Nharea, onde a falta de financiamento é maior, ao implementar um programa alimentar terapêutico de nutrição a crianças entre os seis e os 59 meses, melhorar a vida das pessoas e fortalecer a capacidade local e institucional para lidar com situações de insegurança alimentar”, conclui-se na proposta.

Fonte: Club K

Deixe uma resposta