Artigo

BNI distinguido como melhor banco angolano na prevenção contra o branqueamento de capitais

42 Visualizações

O BNI (Banco de Negócios Internacional) acaba de ser premiado como o melhor banco angolano na prevenção contra o branqueamento de capitais. Esta distinção aconteceu na 4ª Conferência da ACCPA (Associação de Profissionais Certificados em Compliance de África), que este ano decorreu na África do Sul, nos dias 29 e 30 de Agosto.

Segundo uma nota a que tivemos acesso, o prémio reconhece, sobretudo, a adopção dos melhores e mais adequados procedimentos de due diligence feita pelo BNI no último exercício.

Anualmente, na Conferência da ACCPA são premiados os bancos que durante o ano e mediante avaliação feita pelos coordenadores locais da Associação, com o apoio do Banco Nacional de Angola (BNA) e da Unidade de Informação Financeira (UIF), registam uma evolução significativa na implementação e gestão dos seus processos e procedimentos de due diligence, mediante critérios previamente estabelecidos.

O reforço dos procedimentos de due diligence empreendido pelo Banco BNI posiciona-o como a instituição bancária angolana que mais se aproxima dos padrões internacionalmente reconhecidos. Posiciona ainda o modelo de aceitação de novos clientes do Banco como um dos melhores a nível nacional.

A Conferência sobre Compliance em África, organizada pela ACCPA, é o principal evento anual desta associação, reunindo num só local os melhores profissionais de compliance de todo o continente africano, para analisarem, debaterem e partilharem conhecimento, com vista ao desenvolvimento desta área.

Esta foi a 4ª Conferência da ACCPA, sendo que a primeira se realizou em 2016, no Quénia; a segunda em 2017, no Gana; e a terceira em 2018, em Angola.

Fonte: Angonotícias

Deixe uma resposta