Artigo

Há quatro anos que Angola não vendia barril de petróleo tão alto

92 Visualizações

Segundo à Lusa, citando relatórios do Ministério das Finanças, até novembro, Angola exportou 491.862.592 barris de petróleo, a um preço médio de 70,82 dólares por barril, quando no Orçamento Geral do Estado (OGE) de 2018 o Governo tinha inscrito uma previsão de 50 dólares por barril.

Só no mês de novembro, cada barril de petróleo foi vendido a 79,32 dólares.

Trata-se do valor mais alto desde novembro de 2014, quando, então, cada barril de crude foi exportado a 84,51 dólares.

A forte quebra na cotação internacional de petróleo desencadeada em finais de 2014 chegou a colocar o barril de crude vendido por Angola nos 30 dólares.

Contudo, em 11 meses de 2018, as vendas de petróleo por Angola já totalizam 34.833 milhões de dólares (30.466 milhões de euros), que resultaram em receitas fiscais de 3,067 biliões de kwanzas (8.700 milhões de euros).

O petróleo exportado por Angola já tinha atingido um pico, no preço, em outubro, ao ser exportado a 78,49 dólares, em média, cada barril.

Em novembro, Angola exportou 40.106.070 barris de petróleo, representando vendas globais superiores a 2.820 milhões de dólares (2.470 milhões de euros), com o crude do bloco ‘onshore’ (em terra) de Cabinda a sul a bater o recorde do ano, nos 83,29 dólares por barril.

 

Fonte: Jornal Mercado

Deixe uma resposta