Artigo

Justiça emite mandado contra Grace Mugabe

147 Visualizações

As autoridades sul-africanas emitiram um mandado de detenção contra a antiga Primeira-dama do Zimbabwe Grace Mugabe, pela alegada agressão a uma modelo em Joanesburgo, em 2017, anunciaram hoje fontes policiais.

“Posso confirmar que o mandado foi emitido”, referiu Vishnu Naidoo, porta-voz da Polícia, à agência noticiosa Efe. A ordem foi emitida pelo Ministério Público na quinta-feira e explica que, caso a esposa do ex-Presidente do Zimbabwe, Robert Mugabe, entrasse no país seria detida.
A fonte policial explicou que o processo “está a começar” e que, até ao momento, não há informações sobre se o país vai procurar a extradição da antiga Primeira-dama. “Eu entendo que agora haverá um processo de extradição para garantir que a Mugabe [Grace] seja extraditada para a África do Sul, de modo a dar continuidade  a este assunto”, salientou GerrieNel, advogado da autora da denúncia, ao canal de televisão Enca, após a notícia ter sido tornada pública, em particular após a notificação oficial aos queixosos.

“Tenho de acreditar que o Governo do Zimbabwe vai entender que ninguém está acima da lei”, acrescentou o advogado, quando questionado se achava que o país vizinho estará disposto a colaborar. Em finais de Julho, a Justiça sul-africana determinou ser inconstitucional a imunidade diplomática concebida à antiga Primeira-dama do Zimbabué, que a impedia de ser julgada pela alegada agressão a uma modelo com um fio eléctrico, em 2017. A imunidade diplomática protegeu Grace Mugabe da denúncia.

 

Fonte: JA

Deixe uma resposta