Artigo

Luanda expõe 15 edifícios emblemáticos

126 Visualizações

Luanda – Uma exposição de desenho artístico sobre quinze edifícios emblemáticos de Luanda estará patente, a partir de sexta-feira, na Baía de Luanda, em comemoração dos 444 anos da cidade capital, que se assinalam no dia 25 do corrente mês, numa parceria entre o Espaço Baía e o escritório de arquitectura “Traços Design”.

Entre os edifícios, destacam-se os dos bancos Nacional de Angola (BNA), de Poupança e Crédito (BPC), do Porto de Luanda, do Governo provincial de Luanda (GPL), das igrejas do Carmo, dos Remédios, Metodista Unida Central de Luanda e Sagrada Família, bem como o Mabílio Alburqueque e o Memorial António Agostino Neto (MAAN).

De acordo com Ariel Sebastião, membro da organização, os edifícios escolhidos para a amostra foram desenhados com diferentes técnicas de gráfica arquitectónica, formando um casamento entre o representativo e a pura arte, ao mesmo tempo que se divulga o talento de artistas jovens.
.
“A mesma pretende ainda estimular o entusiasmo pelo conhecimento do património edificado da cidade e sua gente, servindo como ponte entre o seu passado, presente e futuro, contribuindo assim para a sustentabilidade, atravês da arte e inovação pela criatividade”, informou hoje à Angop..

A exposição, que estará aberta de 25 de Janeiro a 09 de Fevereio, engloba 16 quadros dos artistas plásticos Zola Jeremias Daniel, Mauro Noriel Vaz, Ibrahim Carlos e Danilson Joaquim, e trabalhos fotográficos de Raúl Silva, este último que procura mostrar as diferentes nuances dos edifícios representados e excertos videográficos e sonoros da cidade de Luanda.

Essa amostra, acrescentou a fonte, denomina-se “Traços de Luanda” e reflecte o trabalho colectivo de vários artistas que decidiram homenagear a secular capital angolana (quatro séculos) e, com isso, propor uma reflexão sobre o património histórico da cidade, promovendo a sua valorização e protecção.

 

Fonte: Angop

Deixe uma resposta