Artigo

“Parasitas”, faz história ao ser o primeiro filme em língua estrangeira a ganhar o Óscar de melhor filme

65 Visualizações

“Parasitas” foi o grande vencedor dos prémios de cinema Oscar neste domingo, 9, ao transformar-se no primeiro filme em língua estrangeira a ganhar a estatueta de melhor filme em 92 anos de história da Academia de Hollywood.

dramédia sul-coreana sobre diferença de classes recebeu quatro estatuetas, com destaque para melhor filme e melhor diretor para Bong Joon Ho.

O drama de guerra, “1917”, do diretor Sam Mendes ficou com três estatuetas.

Nas categorias de atuação, Joaquin Phoenix, Renée Zellweger, Brad Pitt e Laura Dern foram premiados.

Brad ganhou o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por seu papel como um “sósia” veterano em “Era uma vez… Hollywood”, dirigido por Quentin Tarantino.

Esta foi a primeira estatueta de Brad Pitt numa categoria de atuação, depois de ter vencido como produtor por “12 anos de escravidão”.

Na sua terceira indicação, Laura Dern levou como coadjuvante por “História de um casamento”.

Além das músicas indicadas Melhor Canção Original, a cerimónia também teve as atuações de Eminem e Billie Eilish.

O rapper cantou “Lose Yourself”, música vencedora do Oscar em 2003, quando ele não foi à premiação receber a estatueta.

A cantora americana de 18 anos se apresentou com seu irmão e produtor Finneas.

Um dos momentos alto foi no tributo aos profissionais da indústria do cinema que morreram recentemente, com uma versão de “Yesterday”, dos Beatles.

História fez-se também quando um trio conhecido por interpretar heroínas (Gal Gadot, Sigourney Weaver e Brie Larson) apresentou a maestrina Eímear Noone.

Pela primeira vez em 92 anos, uma mulher conduziu a orquestra da premiação, tocando todas as trilhas sonoras indicadas.

Na categoria de Melhor Documentário, “Indústria Americana” ganhou, levando a melhor a “Democracia em vertigem”, da diretora brasileira Petra Costa.

Produzido pelo casal Obama, o documentário vencedor mostra os contrastes entre a cultura americana e a chinesa durante a abertura de uma fábrica em Ohio, nos Estados Unidos.

Fonte: VOA

Deixe uma resposta