Artigo

Smartphone que se dobra vai ser tablet que cabe no bolso

241 Visualizações

D.J. Koh, responsável pela unidade mobile da Samsung, afirma que «quando entregarmos um telefone que se dobre, tem de ser significativo para o cliente». O executivo não quer um gadget que interesse apenas durante alguns meses e depois fique esquecido nas prateleiras. «Se a experiência de utilização não estiver ao meu nível, não iremos entregar este tipo de produto», cita a Cnet.

A Samsung tem falado sobre um aparelho cujo ecrã se dobre desde 2013, quando mostrou o protótipo de um ecrã OLED flexível na CES desse ano. Agora, Koh confirma que o smartphone que se dobra da Samsung deve chegar ainda este ano. Está ainda aberta a possibilidade de ser apresentado na Samsung Developer’s Conference, já em novembro.

Koh considera que o ecrã grande é importante e que os consumidores também o preferem. O CEO lembra que quando o Galaxy Note foi lançado, os rivais desconsideraram-no devido ao tamanho do ecrã e que hoje temos o iPhone XS Max ou o Pixel 3 XL.

 

FONTE: Tpa

Deixe uma resposta