Artigo

Suspeito da invasão a Alcochete foi detido em Angola

113 Visualizações

Um dos suspeitos da invasão a Alcochete, em maio do ano passado, foi detido em Angola. Alano Silva, braço-direito do líder da Juve Leo, Mustafá, foi capturado na sequência do mandado de detenção internacional entretanto emitido pelo DIAP de Lisboa.

O adepto estava a ser procurado pelas autoridades portuguesas desde a primeira operação realizada pela Guarda Nacional Republicana, e que terminou com a detenção de 23 adeptos.

O ex-dirigente da claque leonina acabou por escapar e viajou para Angola, de forma a evitar um cenário de prisão preventiva que foi aplicada a todos os elementos detidos na citada operação.

Apesar de ter sido apanhado em Angola, é quase certo que Alano Silva não venha agora a ser extraditado para Portugal, pois tem nacionalidade angolana.

A procuradora Cândida Vilar decidiu que não irá acusar este suspeito no mesmo inquérito, mas poderá acusá-lo à parte num processo em crimes que variam entre o terrorismo, sequestro, ofensas à integridade física, ameaças, dano e incêndio.

 

Fonte: Angonotícias

 

Deixe uma resposta