Artigo

Enfermeiros voltam a realizar actos médicos em Angola

89 Visualizações

Os enfermeiros angolanos decidiram retomar os actos médicos que suspenderam desde segunda-feira, 22, depois de a bastonária da Ordem dos Médicos, Elisa Gaspar, ter feito um pedido de desculpas ontem num encontro de três horas com o Sindicato dos Enfermeiros.

A decisão dos enfermeiros de deixar de prescrever receitas, dar consultas e assinar certidões de óbitos foi tomada depois de, num encontro no Cunene, Elisa Gaspar ter dito que os enfermeiros não devem usar batas brancas nem realizar actos médicos.

António Afonso Kileba, secretário-geral do sindicato, confirmou o encontro e disse que tudo ficou esclarecido.

“Houve sim pedido de desculpas e por isso nós voltamos a trabalhar”, confirmou.

Entretanto, por outro lado, o sindicalista revelou estar a negociar com a Procuradoria Geral da República (PGR) para a retirada da imagem de uma enfermeira num video de combate à corrupção porque “descaracteriza a classe”.

No video, a enfermeira aparece a receber a conhecida “gasosa”, que geralmente é a forma de corromper as pessoas em Angola.

A PGR já se pronunciou esclarecendo que foi apenas um exemplo, uma vez o sector da saúde é um dos que mais reclamações sobre corrupção recebem.

Fonte: Voa

Deixe uma resposta