Artigo

Lewis Hamilton iguala marca de Schumacher

440 Visualizações

Lewis Hamilton escreveu mais um capítulo na história da Fórmula 1 ao igualar, ontem, o recorde de vitórias (91) de Michael Schumacher numa corrida que também ficou marcada pelo primeiro pódio de Daniel Ricciardo com a Renault.

O piloto da Mercedes alinhou na segunda posição da grelha de partida e não conseguiu roubar a liderança a Valtteri Bottas no arranque, mas um erro do finlandês fez com que Hamilton passasse para a frente à 13ª volta.

A situação acabou por se complicar ainda mais para Bottas, que viria a abandonar a corrida na sequência de um problema na unidade motriz da Mercedes, perdendo assim preciosos pontos para o colega de equipa no campeonato.

Max Verstappen, que arrancou no terceiro lugar, confirmou a tendência dos resultados em 2020 – sempre que termina uma corrida, sobe ao pódio. O holandês realizou uma corrida solitária e assegurou o segundo lugar em solo alemão, mas nunca ameaçou a posição de Hamilton, nem mesmo após o período de Safety Car.

Daniel Ricciardo, um dos pilotos que tirou partido desse período de Safety Car causado pelo abandono de Lando Norris para parar pela segunda vez, levou a melhor sobre Sergio Pérez para dar à Renault o primeiro pódio desde o regresso como construtor à Fórmula 1.

Pérez repetiu o quarto lugar que tinha alcançado no Grande Prémio da Rússia e terminou à frente de Carlos Sainz, que fechou o top 5 com o McLaren.

Pierre Gasly esteve em bom plano e viu a bandeira de xadrez no sexto lugar, diante do Ferrari de Charles Leclerc.

Fonte: Jornal de Angola

Deixe uma resposta