Artigo

Reservas internacionais bateram mínimos históricos em Junho

101 Visualizações

As Reservas Internacionais Líquidas (RIL) atingiram mínimos históricos em Junho, ao passar dos anteriores 10,292 milhões USD, para os actuais 10,240 milhões USD, o que perfaz uma diminuição de aproximadamente 0,5%, o equivalente a 52 milhões USD, calculou o Mercado com base nos dados preliminares divulgados recentemente pelo Banco Nacional de Angola (BNA). De acordo com o documento a que o Mercado teve acesso, estatísticas monetárias e financeiras, em Janeiro de 2019, o preço do barril de petróleo brent que serve de referência para as exportações de Angola, se situou nos 61,89 USD/barril, com as RIL a representarem cerca de 11,1 mil milhões USD (o melhor registo do período).

Já em Fevereiro do mesmo ano, o preço foi de 66,03 USD, com as reservas a somarem pouco mais de 10,4 mil milhões USD. Contas feitas, no primeiro bimestre do ano,as RIL caíram cerca de 6%, Ou seja, Angola gastou mais 676 milhões USD de suas reservas em comparação ao mês anterior ( Janeiro).

Relativamente ao mês de Março, a realidade não foi diferente. Durante o período, as RIL se fixaram nos 10,291 milhões USD, um montante que não terá sido influenciado pela recuperação do preço do petróleo cotado nos mercados internacionais, que terá encerrado na casa dos 68,39 USD/barril, contra os 66,03 USD verificados em Fevereiro. Ou seja, a recuperação da cotação dessa commodity não tem ajudado ao país a aumentar as suas reservas externas, o que demonstra “notoriamente” que a capacidade do país em gastar suplanta a capacidade de receber.

Fonte: Angonotícias

Deixe uma resposta